fbpx

A Holanda tornou-se importante na idade média, quando nela se começaram a cimentar as bases do comércio livre.

holanda

A Holanda tornou-se importante na idade média, quando nela se começaram a cimentar as bases do comércio livre.

País reconhecido pelas suas belas tulipas, uma viagem à Holanda é uma incursão inevitável para quem queira respirar ambientes liberais e tolerantes, bem patentes, por exemplo, na capital Amesterdão, com o seu incontornável red light district e múltiplas coffee-shops.

Os quase 17 milhões de habitantes da Holanda não podem se queixar de falta de oportunidades para se ter uma vida cultural intensa. O pequeno país tem mais de 900 museus espalhados em seus 41.500 quilômetros quadrados. Isso, sem contar outras centenas de galerias de arte, salas de concerto, teatros, livrarias, bibliotecas e, claro, eventos culturais de todos os estilos.
Visitar a Holanda não é apenas curtir o ambiente libertário (por vezes libertino) de Amsterdã e suas coffee shops, ou passear de bicicleta pelas ruas ao longo dos canais. É também mergulhar em um país com uma grande oferta de programas culturais, para todas as idades, além de muitos pontos turísticos históricos.
Neste momento, o frio castiga a Holanda, como quase toda a Europa. Mas daqui a pouco chega a primavera e, com ela, as pessoas já se animam a ir para as ruas. Eventos ao ar livre acontecem em profusão pelo Velho Mundo, e a Holanda não foge à regra.
Já em abril, acontece um dos eventos públicos mais tradicionais do país: o Koningsdag, ou “Dia do Rei”, em Holandês. Será no dia 27 de abril, uma segunda-feira.
Na verdade, o Koningsdag era chamado de Koninginnedag (“Dia da Rainha”) desde seu início, em 1890, até 2013, quando a então rainha Beatriz abdicou em favor da ascensão do seu filho Willem-Alexander ao trono. Desde então, o nome da festa passou a ser “Dia do Rei”.
Diversos eventos acontecem pelo país, mas o mais famoso e bonito de se ver é a parada de barcos pelos canais de Amsterdã.
A terra de Van Gogh, Vermeer, Post e Rembrandt espera por você neste ano em que se celebram os 125 anos da morte de Van Gogh. Os museus e galerias do país serão destinos turísticos obrigatórios.
País preserva sua história e se abre ao futuro
Holanda 2

Holanda

Este ano de 2015 será especial para os Países Baixos. É porque serão celebrados os 125 anos da morte de Vincent Van Gogh, um dos mais famosos, conceituados e influentes pintores de todos os tempos. E em um país em que museus e galerias de arte se espalham como grama, a oferta de exposições e eventos inspirados no grande artista será grande.
Que tal aproveitar para conhecer não apenas o Museu Van Gogh de Amsterdã, mas outras instituições igualmente importantes, e que estão com programações de destaque para todo o ano?
Comece, claro, pelo Museu Van Gogh, em Amsterdão. Ele abriga o maior acervo de Vincent Van Gogh (1853-1890) do mundo e atrai cerca de 1,5 milhão de visitantes por ano. Totalmente remodelado no ano passado, ele será o palco principal das festividades em torno dos 125 anos de morte do gênio flamengo.
Desde 28 de novembro, está em cartaz uma exposição da coleção permanente com cerca de 1.100 produções, entre cartas e desenhos, que raramente são exibidas, pois são muito sensíveis à luz. Claro, o museu dispõe de toda a infraestrutura não apenas para abrigar essas obras raras, como também para exibí-las em segurança.
Pela primeira vez, o museu apresenta a história completa: o artista, o contexto, suas ambições pessoais, suas emoções, os mitos e sua influência até os dias de hoje.
Rembrandt também
Outro museu tão famoso quanto o Van Gogh é o Rijksmuseum, ou Museu Nacional da Holanda. Neste ano, o Rijksmuseum traz a exposição “Late Rembrandt” (“Rembrandt Tardio”), que já está aberta e fica em cartaz até 17 de maio. Ela reune trabalhos do pintor feitos entre 1652 até seu falecimento, em 1669.
O Rijksmuseum fica na Museumplein (Praça do Museu), um dos pontos turísticos mais visitados do centro de Amsterdã. O museu abriga ainda uma coleção de arte e história da Holanda desde a Idade Média, ocupando 80 salas em quatro pisos.

Leave a reply

error: Conteúdo protegido!!!