Pense nessa bela e histórica cidade como uma espécie de Ouro Preto castelhana, com tesouros arquitetônicos e artísticos pontilhando toda sua extensão e uma festeira população estudantil que vem de todo o mundo para aqui curtir a vida (e, de vez em quando, dedicar-se aos livros).

De origens celtas, dominada por Aníbal e conquistada pelos romanos, em Salamanca se encontram uma das mais veneráveis universidades espanholas, duas extraordinárias catedrais geminadas e a ampla e animada Plaza Mayor.


 

Uma distinta cidade espanhola, aclamada pela antiguidade da sua universidade. Congregando plenamente a sua componente histórico/cultural, sendo considerada Património Mundial da Humanidade, pela UNESCO.

A cidade está também munida de todas as comodidades modernas, tais como o sistema de transportes.
 
Uma cidade de temperaturas extremas, pode ser visitada durante todo o ano, bastando para isso que tome algumas simples precauções.
 
O facto de albergar uma grande comunidade estudantil, dota-a de uma rica vida nocturna, com animação pela noite dentro.
 
É uma das capitais mais visitadas da Espanha, sendo o turismo e a universidade a base da economia de Salamanca.

Se há algo pelo qual esta cidade é mundialmente conhecida, é por albergar a mais antiga universidade Espanhola, fundada em 1218.

A Universidade de Salamanca foi também uma das primeiras na Europa, sendo acolhido como estudantes, numerosas figuras de relevo internacional.
 
Muitas pessoas desejam conhecer o seu emblemático edifício, viajando por isso à cidade.

Mas, para além da universidade, os turistas encontram em Salamanca uma cidade verdadeiramente maravilhosa, com centenas de lugares a visitar, cada qual com o seu charme único.

De todas as atracções, um dos mais impressionantes é o Património Arquitectónico e Urbano.

É um dos tesouros de Salamanca que se encontra em melhores condições, tendo em conta que a cidade foi construída com o arenito de ouro da Villamayor, estando muito bem preservada.
 
A cidade de Salamanca é o destino ideal para qualquer pessoa.

A sua riqueza cultural e histórica levou a que a UNESCO a declarasse em 1988, como Património Histórico da Humanidade.

A cidade continuou a evoluir, tornando-se mais atraente, tendo sido nomeada 10 anos depois como Capital Europeia da Cultura.
 
Salamanca localiza-se na comunidade autónoma de Castela e Leão, na província de Salamanca, constituindo-se como sua capital.

Trata-se de uma cidade repleta de vida, que abrange uma área de 39,34 km2, onde residem 155.740 pessoas, para além dos 210.250 habitantes, que vivem na sua região metropolitana.

A maioria dos habitantes são estudantes universitários, que vêm à cidade para desenvolver os seus estudos.
 
A cidade de Salamanca tem um clima mediterrânico, assumindo temperaturas extremas. No Inverno, são comuns as geadas e as temperaturas negativas.

Os dias são muito frios e ventosos.

O lado positivo é que as chuvas reduzem a probabilidade de ocorrência deste frio e com um bom agasalho, não terá problemas em percorrer tranquilamente a cidade.
 
No entanto, no verão, as temperaturas começam a subir, atingindo e ultrapassando frequentemente os cerca de 28 graus.

Em Salamanca, o Verão é curto e bastante quente.

 
 
Na Primavera e no Outono, os dias têm uma temperatura média, mas um pouco instável.

A cidade é permanentemente encantadora, por isso não há nenhuma época do ano recomendada para a visitar.

Isso dependerá dos gostos pessoais de cada um.
 
Se optar pelos transportes públicos como meio de deslocação em Salamanca, nada melhor do que os autocarros. A sua rede abrange toda a cidade, facilitando a viagem da periferia para o centro.

À noite, só funciona uma linha de autocarros, pelo que se deverá aconselhar quanto às suas opções de transporte, caso pretenda realizar saídas nocturnas.
 
Os táxis são também muito comuns em quase toda a cidade, muito úteis para quando precisar de chegar a determinado local, sem saber o caminho e sem se perder.


 
Como a maioria da população é constituída por jovens estudantes, a noite de Salamanca é bastante animada.

Depois de uma semana esgotante, os jovens aguardam ansiosamente pelo fim-de-semana para saírem e se divertirem.

Se pretender sair à noite, encontrará uma panóplia de bares, pubs e 'tascas' , ideais para dançar e ouvir diferentes tipos de música. Os mais comuns são o hip-hop e o rock.

Quase todos os bares encerram portas pelas 4h30.

Mas se quiser ficar mais um pouco, poderá optar por uma das muitas discotecas que fecham às 6h00
.

 

Descontos que vão até aos 50% na sua próxima estadia em Salamanca