Dia dos Namorados. Doze locais românticos para visitar em Portugal



Procura um sítio sossegado e bonito para passar uns bons momentos com a sua cara-metade?

A pensar nisso reunimos um conjunto de sugestões de alguns locais bonitos em Portugal que poderão levar a muitos momentos românticos, seja no dia de São Valentim, seja noutro dia especial.

Nao escolhemos não um, nem dois, mas sim doze locais incríveis para um passeio romântico. Doze é um número par e todos merecem ter uma uma pessoa especial para passar o dia do São Valentim e para explorar estes belos locais. Para além disso, doze são os meses do ano e assim já tem uma anuidade de passeios planeados. Um para cada mês. Sim, pensámos em tudo.
 

Sintra, a Romântica

Conhecida por ser um lugar místico e mágico, perfeito para um passeio a dois, não há nada mais romântico do que explorar o que a beleza de Sintra tem para oferecer. Desde a chegada à estação de Sintra até ao centro histórico, vamos entrando num mundo novo, repleto de espaços verdes, palácios antigos, paisagens esplêndidas, digno de um verdadeiro conto de fadas. Resolvemos mostrar alguns dos sítios mais românticos na vila, sugerindo um pequeno roteiro para passar um belo dia dos namorados.

1. Parque da Liberdade

Percorrendo a Volta do Duche, ainda antes de chegar ao centro histórico, abrem-se os grandes portões para o parque público de Sintra. Cheio de cantos e recantos para descobrir, o Parque da Liberdade é um ótimo lugar para começar este passeio a dois. Com bancos de jardim aqui e ali, fontes e lagos de água cristalina, um ringue de patinagem, este grande espaço verde é perfeito para passear, sentar um pouco, relaxar e apreciar o ambiente envolvente rodeado de árvores, flores e plantas das mais variadas espécies.

2. Quinta da Regaleira

A Quinta da Regaleira é sem dúvida um dos lugares mais mágicos de Sintra. Com mais de um século de existência e edificada segundo o estilo romântico, o Palácio e o seu enorme jardim são lugares cheios de mistérios e de segredos onde nada é apenas o que parece. No dia dos namorados entre neste cenário esotérico, parta à descoberta e viva uma aventura por entre poços, torres e longas grutas que merecem ser exploradas. Caracterizada por um sentimento ao mesmo tempo intimista e teatral, deixa-te igualmente envolver pela paisagem e pelos mistérios que ela esconde, percorrendo o luxuoso jardim com os seus lagos, as curiosas estátuas e os miradouros.

A Regaleira pode ser visitada das 10h às 18h (até às 20h no verão) com um custo de 6€ de entrada.

3. Casa do Fauno

Termina o dia de são Valentim com um regresso aos tempos mágicos da época medieval e visite a Casa do Fauno (próximo da Regaleira), o pub medieval local. Envolvido num ambiente místico e acolhedor, que faz jus ao misticismo de Sintra, deixa-te contagiar pelos ritmos irlandeses e celtas da habitual música ao vivo e dá um passinho de dança com o teu par. No exterior, os namorados podem ainda desfrutar de uma bela fogueira enquanto provam o delicioso hidromel do fauno (o famoso “néctar dos deuses”), vinho quente, o licor da deusa do amor Afrodite ou outras tantas iguarias.

Pela Cidade das Sete Colinas: Lisboa

A cidade de Lisboa é cada vez mais elogiada por todo o mundo pela sua beleza, história e ambiente. São muitos os locais das sete colinas que podem ser descobertos a dois. Aqui procuramos apresentar cinco onde poderás, mesmo que rodeado de turistas, conseguir momentos calmos e sentir a paz da única capital europeia na qual se pode ver o sol a pôr-se no mar. Haverá vista mais romântica que esta?

 

4. Recantos de Alfama

Alfama não é só fado e santos populares. Alfama é feita acima de tudo de pessoas e pequenos recantos que se descobrem especialmente bem em passeios tranquilos feitos a dois. Alguns exemplos são o Miradouro de Santo Estêvão ou a rua da Adiça (na foto), mas o melhor mesmo é partires do Largo do Chafariz de Dentro à aventura, em conjunto com a tua cara-metade e uma máquina fotográfica. De certeza que este bairro histórico vos vai surpreender pela sua beleza e encanto.

5. Ribeira das Naus

A versão renovada da Ribeira das Naus foi inaugurada em março de 2013 e depressa se tornou num dos locais mais chamativos da cidade. Lisboa sem Tejo não seria Lisboa, e aqui sente-se a identidade de todo um povo – isto se conseguires ignorar o quiosque exclusivamente dedicado aos turistas estrangeiros. Apesar de não ter outras infraestruturas de lazer, é um espaço muito bom para contemplar o rio e aproveitar um ambiente calmo e romântico.

6. Estufa Fria

 

No que se refere à cidade de Lisboa, esta é a única sugestão deste roteiro (referente à cidade de Lisboa) cuja entrada se paga. Mas o bilhete custa apenas 3,10€ (menos com os vários descontos que se oferecem na bilheteira) e depois de entrares vais sentir que estás num mundo à parte. Tal como está escrito no site oficial desta estufa, inaugurada em 1933, tu e a tua “pessoa especial” podem «desfrutar de agradáveis momentos por entre lagos, cascatas, regatos, obras de estatuária, e centenas de especies de plantas diferentes oriundas de todo o mundo». A atmosfera é exótica e isolada, perfeita para momentos a dois que não vais esquecer.

A Cidade Invicta: Porto

A cidade do Porto, também conhecida por muitos como a Cidade Invicta, está situada no noroeste de Portugal e é a cidade que deu o nome ao nosso país. A sua arquitetura característica, as suas pontes, que compartilha com Vila Nova de Gaia, o seu centro histórico, classificado como Património Mundial da UNESCO, e o seu vinho são características conhecidas mundialmente, e fazem do Porto uma cidade apetecível para milhares de turistas todos os anos. A Torre dos Clérigos, o edifício da Câmara Municipal, a Catedral da Sé, a Estação de São Bento, a Ribeira, entre outros, são ícones de visita obrigatória. Se queres passar bons momentos com alguém especial e desfrutar da beleza natural de uma cidade rica em história, o Porto é uma excelente opção.

7. Ribeira

Uma das zonas mais antigas do Porto, para além de Património Mundial da UNESCO, a Ribeira é todos os anos visitada por turistas e é um dos pontos mais belos e admirados da cidade. Possui vários bares e restaurantes ao longo do seu cais, onde te podes sentar com a tua cara-metade e contemplar a vista do rio Douro e do cais de Gaia. Se te apetecer passear, podes aproveitar a Praça da Ribeira, a Rua da Fonte Taurina, o Muro dos Bacalhoeiros, a Casa do Infante, entre outros. Podes admirar também o painel da “Ribeira Negra”, da autoria de Júlio Resende, localizado junto ao túnel da Ribeira e até mesmo atravessar a Ponte Luís I, deslumbrando-te com a beleza arquitetónica do cais. Um excelente ponto para visitares com a tua pessoa especial.

8. Jardins do Palácio de Cristal

Este enorme espaço verde, situado em Massarelos no Porto permite uma vista deslumbrante sobre o rio Douro cujo percurso passa pela cidade.  O Palácio de Cristal foi construído, inspirado no Crystal Palace londrino, por forma a receber a Exposição Internacional do Porto (1865). Apesar de ter sido destruído em 1951 para dar lugar a um pavilhão desportivo, o nome Palacio de Cristal prevaleceu, assim como os imensos e belíssimos jardins, projetados por Émile David.

Com vários recantos para relaxar, bancos para piqueniques, parques infantis, esculturas, uma variedade de plantas e vários miradouros com vistas espetaculares para várias partes da cidade do Porto, este espaço é sem dúvida um sítio a visitar quer pelos turistas que passam pela cidade, quer pelos cidadãos locais. E também tu poderás disfrutar da beleza deste espaço na companhia de alguém especial.

9. Igreja da Sé 

 

Localizada no coração do centro histórico da Invicta, a Catedral da Sé do Porto é um excelente ponto para visitares com a tua cara-metade. Tendo a sua construção iniciado na primeira metade do século XII, esta igreja é considerada o berço a partir da qual a cidade do Porto foi crescendo. A fachada possui duas torres, no meio das quais se destaca uma rosácea. As naves no interior têm um formato em abóbada e no fundo da nave central existe o coro alto, iluminado por uma grande rosácea em estilo gótico. No exterior, existe um enorme espaço aberto, ótimo para admirar a magnificência da catedral. Daqui também te podes maravilhar com a esplendorosa vista do rio Douro, assim como do cais de Gaia..

Para lá do Marão: Vila Real

Vila Real, situada numa das encostadas da serra do Marão e capital do distrito com o mesmo nome, é uma pequena cidade no interior de Portugal, onde ainda assim a natureza continua a ser um elemento predominante. Apesar de pequena, a cidade consegue ainda assim ter alguns locais que são sem dúvida algo digno se ser visto e visitado. Aliás esta cidade é um entre muitos dos locais abarcados em Um Reino Maravilhoso de Miguel Torga. Aqui também poderás viver alguns momentos calmos e românticos com a tua “pessoa especial”.

10. Jardim da Carreira

As origens do Jardim da Carreira datam do século XVIII, tendo a sua génese resultado na criação de um espaço público de lazer na cidade de Vila Real. O seu exterior é composto por várias árvores centenárias um repuxo no meio, um coreto e ainda um busto do famoso autor Camilo Castelo Branco. No ano de 2003 este espaço sofreu remodelações tendo sido adicionadas uma escadaria, um parque infantil, um ringue de patinagem e um café-bar. Todos estes elementos tornam fazem deste local um sítio belo e atrativo, valendo-lhe também a fama de ser um dos locais mais emblemáticos da cidade.

Se tu e a tua cara-metade procuram um local sossegado para relaxar e namorar tranquilamente, este Jardim, que é um dos locais mais emblemáticos desta cidade transmontana é uma boa sugestão para um bom serão.

11. Parque Corgo

Situado nas margens do rio Corgo, que corre pela cidade, este espaço tem cerca de 33 hectares. Ligado também ao Parque Florestal tem à sua disposição várias formas de entretenimento para aqueles que percorrem este espaço: campos desportivos, parque de merendas de Codessais (equipado com grelhadores e mesas), parque infantil, cafés e casas de chá, antigos moinhos, etc. Este espaço é convidativo tanto à exploração como ao romantismo. Basta deixarem-se guiar pelo Rio Corgo e tu e a tua cara-metade poderão disfrutar de vários momentos românticos pelos recantos deste grande Parque.

12. Palácio de Mateus

Localizada nos arredores da cidade, o Palácio de de Mateus, edificado no século XVIII por António José Botelho Mourão, é sem dúvida um dos locais que não se pode perder, numa visita a Vila Real.

Os jardins, além de apresentarem um grandioso espelho de água, têm ao seu dispor uma variedade de flores (particularmente camélias), um impressionante túnel de cedros, pomares e vinhas que fornecem a matéria-prima para um refrescante vinho Rosé. Também o interior do palácio é digno de uma referência, com o seu salão nobre, biblioteca (onde se encontra um exemplar da primeira edição dos Lusíadas) entre várias outras salas com peças de  mobiliário português, francês e inglês dos séculos XVII e XVIII (nomeadamente pratas e loiças). Ainda existe a capela, cujo teto está decorado com quadros do século XVII.

Relativamente a preços os interessados têm duas opções: se optarem por ir apenas aos jardins, são 6€; caso queiras também explorar o interior (o palácio e a capela) são 9,50€. Existe também uma loja onde poderás comprar postais, livros, doces, compotas e também os vinhos da marca Mateus (o que poderá servir de boa recordação para ti e para aquela pessoa especial).

Aceite as nossas sugestoes e passe um enorme fim de semana coma  sua cara metade...
 

Descontos que vão até aos 50% na sua próxima estadia no dia dos Namorados