As novas tecnologias estão a revolucionar o dia-a-dia da hotelaria 
 


  



A possibilidade de aceder à Internet a partir do quarto de hotel já não é uma novidade.

Aliás, pode dizer-se que se trata de um serviço muito comum, um dos primeiros exemplos da forma como as novas tecnologias estão a revolucionar o sector da hotelaria.

Começa a ser frequente constarem nos programas das agências de viagem hotéis que se auto-intitulam high tech, oferecendo, além da Internet, todo o tipo de tecnologias inovadoras.

Simples tarefas tornaram-se agora totalmente computorizadas.

Tudo prova de que, pouco a pouco, a indústria hoteleira se vai deixando aliciar pelas comodidades que o progresso oferece.

Por outras palavras, acabaram-se os check-ins e os respectivos check-outs frente ao balcão da recepção. Já não precisará de andar com as chaves do quarto de um lado para o outro e muito menos necessitará de dinheiro.

Pode deixar tudo por conta das tão proclamadas tecnologias da informação.

Por isso, termos como Bluetooth, PDA ou TV Interactiva passaram a constar do léxico da hotelaria.



Com ou sem estrelas
O processo de adesão tem alastrado.

Gradualmente, deixam de ser só os estabelecimentos hoteleiros de quatro ou cinco estrelas a ter à disposição dos seus clientes mil e um gadgets para as mais variadas funcionalidades. 

Alguns hotéis da cadeia Holiday Inn incluíram nas suas novidades a possibilidade de qualquer hóspede, através do telemóvel, efectuar a confirmação das suas reservas, fazer o check-in e até mesmo abrir a porta do quarto com um código electrónico.

Para tal, basta que o dispositivo móvel que possui disponha de Bluetooth, de forma a poder receber e enviar a informação que lhe vai permitir concretizar todas essas tarefas.

O nome poderá parecer estranho, mas o Bluetooth é nada mais do que uma tecnologia que possibilita a troca, mediante ondas de radiofrequência, de dados entre aparelhos que se encontrem relativamente próximos.

Trata-se, neste momento, do expoente máximo do conceito wireless.



Inconfidências tecnológicas
Sempre que preencheu a sua ficha de cliente, durante o check-in, as únicas informações que lhe solicitavam eram relativas à sua identificação pessoal.

Agora, o mais certo é que lhe peçam toda e qualquer informação.

Vão querer saber todos os seus gostos, podendo ir mesmo ao pormenor do tipo de flores que mais lhe agradam.

O objectivo é organizar uma verdadeira base de dados sobre os clientes, de forma a satisfazer por antecipação todos os seus desejos.

Como tal, não será de admirar que, na sua próxima estadia, o quarto esteja decorado com as suas flores preferidas.



Modernices
De certeza, muitas foram as vezes que se esqueceu de informar o recepcionista do consumo de um produto do minibar do seu quarto e que recebeu mais tarde as respectivas contas para pagar.

Contudo, uma vez mais as novas tecnologias estão a solucionar o problema.

Isto porque, actualmente, a generalidade dos hotéis já dispõe de sistemas de controlo computadorizado deste e de outros equipamentos, razão pela qual todo e qualquer movimento de produtos do frigorífico é de imediato registado.

Os avanços nesta área são tais que os novos e-fridge, como foram baptizados nos Estados Unidos, podem ser programados para alterar o preço das bebidas e dos snacks, consoante a hora do dia (durante a happy hour os preços são mais reduzidos), estando essa informação disponível no visor digital do frigorífico. 

Qual verdadeiro big brother, já nem no seu quarto se poderá recolher sem que ninguém saiba, isto porque muito provavelmente este terá instalado um sensor que vai detectar se alguém se encontra lá dentro.

Pode ser uma ideia pouco agradável, mas de uma coisa pode ter a certeza, deixará de ser necessário colocar os cartões do not disturb na porta, já que os serviços informam as camareiras de que ainda se encontra no quarto.

Mas as vantagens deste sensor não terminam aqui.

O referido dispositivo também possibilita que a temperatura ambiente seja alterada de acordo com as suas preferências, detectando quando entra no quarto e regulando automaticamente os valores por que optou de início.

E se tiver alguma dúvida e quiser utilizar o room service poderá solicitá-lo usando o seu dispositivo wireless, seja através de um portátil, um PDA ou um telemóvel. 

Outra das grandes novidades é a utilização da biometria nos hotéis.

Uma tecnologia futurista que lhe torna possível a entrada no seu quarto depois de, por exemplo, a maçaneta da porta ter lido as suas impressões digitais ou de um outro dispositivo ter feito a leitura da íris dos olhos.

 


Crie uma conta gratuita  AQUI  e conheça os hoteis high tech que o mercado de turismo oferece.