Devido à sua grande dimensão e geografia, a Argentina apresenta uma grande diversidade climática e qualquer viagem deve ser devidamente pensada.

A Latitude (Norte/Sul) é determinante na variação do clima e da temperatura.

O Verão Austral é a temporada alta e vai de Novembro a Fevereiro.

Esta é, sem sombra de dúvida, a melhor época do ano para visitar o centro e sul do país (Patagónia e Terra do Fogo), quando as temperaturas são mais amenas e as visitas aos glaciares se tornam mais fáceis.

O mesmo é verdadeiro para toda a região dos Andes, no que diz respeito ao turismo de montanha.

Esta é, também, a época em que é de esperar algumas multidões nos lugares mais turísticos.

A Primavera (Set-Nov) e o Outono (Mar-Jun) também podem ser boas alturas para viajar por estas zonas, mas conte com maior nebulosidade e mais frio do que no Verão.

Em contrapartida, mas com menos vento e menos gente.

No pico do Inverno (Jul-Ago) é extremamente difícil viajar pela Patagónia e Terra do Fogo. Há grandes quantidades de neve e as temperaturas médias mensais são negativas.

As visitas às montanhas dos Andes nesta altura do ano são mesmo desaconselhadas, com excepção dos locais onde existem estâncias de ski, como Ushuaia e Bariloche.

No norte do país, onde as influências do clima do deserto de Atacama já se fazem sentir, as temperaturas são bastantes elevadas durante o Verão (Nov-Fev), pelo que a Primavera (Set-Nov) e o Outono (Mar-Jun) são épocas mais indicadas para viajar.

Em Missões, onde se localizam as famosas quedas de água do Iguazú o clima é tropical húmido, o que significa temperaturas elevadas e precipitações abundantes durante todo o ano.

Este tipo de clima abrange também as áreas de Corrientes, Entre os Rios e parte de Chaco.

As províncias de Salta, Formosa, Tucuman e Santiago de Estero apresentam um clima semelhante ao anterior, mas têm uma estação seca até metade do ano.

A capital da Argentina, Buenos Aires, apresenta um clima temperado, que se estende pela zona central do país e que predomina desde as pampas até Córdoba.

Na área de contacto deste clima temperado com o clima tropical não há um Inverno frio propriamente dito.

No litoral, para sul da cidade de Mar del Plata até Santa Cruz, o clima é temperado oceânico com temperaturas amenas e alguma precipitação concentrada nos meses de Inverno.

O Interior do país é bastante árido.

Os Andes de Catamarca, Puna, La Rioja e San Juan, Mendoza e San Rafael têm clima árido de estepe, no entanto com pequenas variações devido à presença dos Andes.

Este clima estende-se para Este até às serras pampeanas e vai-se transformando progressivamente em frio-árido nas proximidades de Néuquen, no norte da Patagónia.

Toda a cordilheira dos Andes apresenta um clima frio de Montanha, sendo que na Patagónia este tipo de clima permite a existência dos campos de gelo patagónicos, já que alia a influência da latitude com a altitude.

 

A Argentina é um país extremamente vasto e qualquer viagem tem que ser muito bem preparada.

A não ser que tenha muito tempo ou faça muitos voos internos, é bastante improvável que consiga conhecer todas as atracções porque as viagens são bastante morosas.

Prepare bem a sua viagem, investigue o tempo que necessita para fazer as ligações entre as várias localidades e reserve tempo para desfrutar plenamente da beleza dos lugares.

Arranje também tempo para fazer trekkings.

Mesmo que vá sozinho arranjará sempre pessoas para compartir a aventura e encontrará inúmeras pessoas no caminho a quem se poderá juntar.

Há com certeza lugares imperdíveis, como é o caso da Patagónia, da Terra do Fogo ou Iguazú, mas visitar locais menos procurados pode ser igualmente, ou mais, compensador.

Reforce a sua atenção nas grandes cidades, essencialmente Buenos Aires, e se tiver algum infortúnio contacte a polícia que é geralmente eficiente e atenta.
 

A Argentina é um país razoavelmente seguro para viajar, quer seja acompanhado quer seja sozinho, inclusive para uma mulher. Se for mulher a viajar sozinha conte sempre com bastante cavalheirismo por parte dos homens.

A população da Argentina é bastante simpática e acolhedora e sempre pronta para ajudar, o que torna muito fácil viajar neste país.

 

Descontos que vão até aos 50% na sua próxima viagem na Argentina