O turismo na América do Sul é uma das áreas que mais cresce na economia sul-americana.

Com a maior floresta tropical do mundo (Amazônia), o maior rio do mundo (Amazonas), a segunda maior cadeia de montanhas (Andes), ilhas oceânicas isoladas (Galápagos, Ilha de Páscoa e Fernando de Noronha), praias paradisíacas (litoral do Nordeste Brasileiro), desertos (Atacama), paisagens glaciais (Patagônia e Terra do Fogo), a mais alta cachoeira do mundo (Salto Angel, com 979m de queda, na Venezuela) e as quedas com o maior volume de água (Cataratas do Iguaçu), dentre muitos outros monumentos naturais e criados pelo homem que atraem turistas de todo o mundo.
 

 

Além disso, a mão do homem deixou preciosidades no continente: ruínas de civilizações antigas (Machu Picchu e outras cidades construídas pelos Incas, Moais da Ilha de Páscoa), metrópoles de influência mundial (São Paulo, Buenos Aires e Rio de Janeiro), obras arquitetônicas geniais (Brasília), as pinturas rupestres mais antigas do continente americano (Serra da Capivara), manifestações da cultura negra (Salvador), indígena (Belém, Manaus, Cuzco, Lima, La Paz) e oriental (São Paulo), misturadas à matriz ibérica dos colonizadores, um dos monumentos mais conhecidos do planeta (Cristo Redentor, no Rio), a cidade mais meridional do mundo (Ushuaia, na Argentina) e algumas das maiores festas populares do globo (Carnaval de Salvador, São Paulo e do Rio de Janeiro, Círio de Nazaré em Belém), além da Parada do orgulho LGBT de São Paulo, a maior parada LGBT do planeta.
 

 

Descontos que vão até aos 50% na sua próxima viagem a América do Sul